O darwinismo é a raiz da cultura da morte

Margaret Sanger, Alfred Kinsey, Lenin e Hitler tinham o darwinismo como a raiz de suas convicções, viam o extermínio de povos como um jeito de “avançar a evolução”. O darwinismo era também o “alicerce” da ideologia comunista. Leia mais...

Nazismo e comunismo, irmãos gêmeos

Ambos são totalitários, ambos afirmam a prevalência do Estado sobre a sociedade, ambos são anticapitalistas e contra o livre mercado, ambos se opõem ao conservadorismo e ao liberalismo. Firmaram acordos, até que, ocorreram conflitos geopolíticos. Leia mais...

Catedráticos e homens pré-históricos

Um inventor pode avançar passo a passo na construção de um aeroplano, mesmo que esteja fazendo experiências com paus e peças metálicas no fundo do quintal. Mas, ele não consegue observar a evolução das espécies. Leia mais...

Não tenho fé suficiente para ser ateu

Afirmar que o cristianismo persiste por dois mil anos, alicerçado exclusivamente na coluna da fé, é na melhor das hipóteses ignorância; na pior, desonestidade intelectual. E, infelizmente desconhecimento e improbidade estão em voga na desconstrução do cristianismo. Leia mais...

Deus existe? Nada prova; tudo evidencia!

Para evidenciar a existência de Deus, este artigo faz um amálgama entre o infinito, o “nada absoluto”, o Big Bang e a primeira das cinco vias de São Tómas de Aquino. Tudo sempre alicerçado em obras consagradas, incluindo a Bíblia. Leia mais...

A história como espetáculo

Os mortos estão para sempre excluídos do diálogo, são os excluídos por excelência. Eles têm olhos mas não veem, têm ouvidos mas não ouvem. Nós os espiamos pelo buraco da fechadura que denominamos por “História”. Leia mais...

 

Nazismo e comunismo, irmãos gêmeos

Por

Ambos são totalitários, ambos afirmam a prevalência do Estado sobre a sociedade, ambos são anticapitalistas e contra o livre mercado, ambos se opõem ao conservadorismo e ao liberalismo. Firmaram acordos, até que, ocorreram conflitos geopolíticos.

O tigre de papel

Por

Multidões de analfabetos funcionais lotam os bancos universitários e ganham seus canudos sem nunca terem lido um livro inteiro. A mesma idolatria pelo papel explica sermos um dos países em que é mais difícil conseguir habilitação para dirigir.

Edward Bernays e o controle da opinião pública

Por

Estando o público distanciado dos eventos reais, a imagem dos fatos é passada por meio da mídia. “O único sentimento que alguém pode ter acerca de um evento que ele não vivenciou é provocado pela imagem mental.”, diz Lippmann.

O valor de uma “curtida”

Por

Erra quem entende que a popularização das mídias sociais se deu única e principalmente por causa do desejo das pessoas de serem reconhecidas. Há muito mais envolvido nisso. Boa parte dos usuários parece ser de gente sem pretensões de sucesso.

Sobre a obstinação na crença

Por C. S. Lewis

Ao tirar um espinho do dedo de uma criança (machucando mais), ou ao ajudar um alpinista novato (elevando-o mais), um obstáculo será a desconfiança deles. Estamos pedindo que confiem em nós em oposição aos próprios sentidos.

O darwinismo é a raiz da cultura da morte

Por

Margaret Sanger, Alfred Kinsey, Lenin e Hitler tinham o darwinismo como a raiz de suas convicções, viam o extermínio de povos como um jeito de “avançar a evolução”. O darwinismo era também o “alicerce” da ideologia comunista.

Por que você deveria ser um conservador

Por

Essa nossa obrigação de aumentar a felicidade humana é uma ideia de dez minutos atrás, historicamente falando. A raça humana em geral, sempre supôs que sua obrigação moral primária residia em coisas como: ser santa, virtuosa, corajosa e leal.

Quando a opinião faz mal à inteligência

Por

Não há melhor controle do que aquele por meio dos desejos que se apartaram voluntariamente da verdade, cujo objeto é constantemente prometido por meio de mecanismos sociais e simbólicos de compensação.

Filosofia da ciência faz falta

Por

O que são o marxismo e o liberalismo senão economia sem filosofia? O que é a eutanásia e o aborto senão medicina sem filosofia? O que são o Carandiru e a Febem senão direito sem filosofia? Que é filosofia moderna?

A glória de um covarde

Por

Henry se esconde atrás de  uma árvore e continua atirando cegamente para a frente. Quando a poeira baixa, ele descobre (para sua surpresa) que esteve na linha de frente da batalha: é um  herói, não mais um covarde.

A história como espetáculo

Por Olavo de Carvalho

Os mortos estão para sempre excluídos do diálogo, são os excluídos por excelência. Eles têm olhos mas não veem, têm ouvidos mas não ouvem. Nós os espiamos pelo buraco da fechadura que denominamos por "História".

Eu sou um conservador

Por

É muita pretensão a nossa de querer virar o mundo do avesso, ignorando toda a experiência, os ajustes e o processo de tentativas e erros obtidos em milênios. Tal abandono pode ser útil no que tange às ciências exatas.

Ao acessar a Culturateca, atente a seção “Entre aspas”. A cada 60 segundos será exposto um pensamento de uma renomada personalidade.