Bode expiatório

Os homens imitam os desejos uns dos outros, por isso, estão destinados ao que chamo de rivalidade mimética. Quanto mais desejo um objeto que você já deseja, mais ele lhe parecerá desejável. As rivalidades tendem a se exasperar. Leia mais...

Breve história do blue jeans

O blue jeans surgiu no mundo operário. Jakob W. Davis, trabalhador nas minas de Comstock, é reconhecido como o criador das “calças azuis rebitadas”. Ele criou uma roupa resistente usando o mesmo tecido das tendas de acampamento. Leia mais...

A tática do Papa-léguas

Se alguém lhe dissesse: “Tenho uma ideia que vai simplesmente revolucionar a sua capacidade de identificar de maneira rápida e segura as afirmações e filosofias falsas que permeiam a nossa cultura”, você ficaria interessado? É isso o que estamos prestes a fazer aqui. Leia mais...

O que é cultura?

Cultura não pode ser resumida como um conjunto de hábitos. Se assim fosse, não poderíamos qualificar povos como cultos ou incultos. Leia mais...

Convite para o enterro da morte

Agradeço sinceramente a todos que vieram ao meu sepultamento hoje pela manhã: parentes, companheiros de fé e amigos. Vocês foram muitos atenciosos comigo e com minha família. Deus os abençoe. Aproveito para fazer um convite muito solene... Leia mais...

Em prol do Estado: todos contra todos!

Se fôssemos socialistas querendo avançar com esse sistema, poderíamos criar a ideia de que, na sociedade, todo mundo é inimigo de todo mundo, afinal, seria necessário que alguém fizesse a arbitragem, e esse alguém seria o Estado. Leia mais...

De Bobbio a Bernanos

Há boas razões para duvidar que “mais democracia” seja ainda democracia. A democracia não é como um pão, que cresce sem perder a homogeneidade: à medida que ela se expande, sua natureza vai mudando até converter-se no seu contrário. Leia mais...

Reciclagem, conservação e sustentabilidade

Na indústria papeleira, 87% das árvores são plantadas para a produção de papel. Isto significa que, de cada 13 árvores que seriam “salvas“ pela reciclagem, 87 jamais seriam plantadas. Leia mais...

True Ouspeak: transcrições de trechos célebres

Neste link torna-se fácil notar os motivos pelos quais o filósofo Olavo de Carvalho comumente desafia e vence toda intelectualidade brasileira. Leia mais...

Como você ouve música?

Ouvimos música de acordo com as nossas aptidões variáveis. Mas, sob um certo aspecto, todos nós ouvimos em três planos distintos. À falta de terminologia mais exata, poderíamos chamá-los de: plano sensível, plano expressivo e plano puramente musical. Leia mais...

 

Uma vida de aprendizado

Por Mortimer J. Adler

A escolarização falha senão prepara os jovens a continuarem aprendendo depois que abandonam a escola. Qualquer um que não compreende isso não consegue compreender uma das questões mais importantes da filosofia da educação.

Problemas metaclínicos

Por Viktor Emil Frankl

Pessoas que hoje buscam um psiquiatra teriam procurado um pastor ou sacerdote em épocas anteriores. Frequentemente recusam encaminhamento para clérigos e, confrontam o médico com questões como: "Qual é o sentido da minha vida?"

A consciência é nosso próprio ser

Por Louis Lavelle

A consciência é uma chama invisível que tremeluz. Pensamos com frequência que seu papel é iluminar-nos, mas que nosso ser está em outro lugar. No entanto, é essa claridade o que somos. Quando ela decresce, nossa existência cede.

Breve história do blue jeans

Por Nelson Ribeiro Fragelli

O blue jeans surgiu no mundo operário. Jakob W. Davis, trabalhador nas minas de Comstock, é reconhecido como o criador das “calças azuis rebitadas”. Ele criou uma roupa resistente usando o mesmo tecido das tendas de acampamento.

Feliz Ano Novo!

Por Olavo de Carvalho

Aconteça o que acontecer, não se deixe desencorajar. Não feche os olhos ante a realidade, por pior que ela seja. A coragem do espírito, o amor incondicional à verdade, é a mãe de todas as virtudes.
Fonte: Twitter.

Natal 2016 *

Por Olavo de Carvalho

Deus me conhece mais do que eu mesmo, nada que eu diga de mim para Ele será novidade. Ao contrário: conto um pedaço da história e Ele mostra o resto.

* Leia as observações do topo desta postagem.

Bode expiatório

Por René Girard

Os homens imitam os desejos uns dos outros, por isso, estão destinados ao que chamo de rivalidade mimética. Quanto mais desejo um objeto que você já deseja, mais ele lhe parecerá desejável. As rivalidades tendem a se exasperar.

Como você ouve música?

Por Aaron Copland

Ouvimos música de acordo com as nossas aptidões variáveis. Mas, sob um certo aspecto, todos nós ouvimos em três planos distintos. À falta de terminologia mais exata, poderíamos chamá-los de: plano sensível, plano expressivo e plano puramente musical.

Se a verdade não existe…

Por

Se a verdade é inalcançável e, talvez, nem mesmo exista, o que fazem os físicos, astrofísicos, químicos, biólogos, matemáticos, filósofos, médicos e afins, se não perder tempo e dinheiro em busca de algo que eles mesmos juram não existir?

A abolição do homem

Por C. S. Lewis

Sentimentos que fazem alguém chamar um objeto de sublime não são sentimentos sublimes, mas sentimentos de veneração. Se sublime tiver de ser reduzido a uma afirmação sobre sentimentos de quem fala, seria apropriado dizer: "tenho sentimentos humildes".