Agora e sempre


“Poucas [pessoas] apreendem que antes deste evento [Big Bang] não havia matéria, espaço e tempo. [..] Sendo altamente aceitável que a natureza (matéria, espaço e tempo) surgiram do nada, similarmente ao que está narrado em Gênesis, não é razoável considerar a hipótese de que o Big Bang possa ter sido gerado por algo incorpóreo, atemporal e não causado, portanto, que transcenda a natureza?”
Excerto do artigo: “Não tenho fé suficiente para ser ateu”.

Todos que creem em Deus acreditam que ele sabe o que eu e você faremos amanhã. Mas, se ele sabe que farei isto ou aquilo, onde está a minha liberdade de fazer o contrário? Bem, mais uma vez a dificuldade está em pensar que Deus progride como nós numa sequência temporal, com a única diferença de que ele consegue enxergar o futuro e nós, não. Bem, se isso é verdade, se Deus prevê os nossos atos, fica difícil entender nossa liberdade de não fazer algo. Suponha, no entanto, que Deus esteja fora e acima da linha de tempo. Nesse caso, isso que chamamos “amanhã” é visível para ele da mesma forma que o que chamamos “hoje”. Todos os dias são “agora” aos olhos de Deus. Ele não se lembra de que ontem você fez isto e aquilo; simplesmente vê você fazer essas coisas, porque, embora você tenha perdido para sempre o dia de ontem, ele não perdeu. Ele não “antevê” você fazendo isto e aquilo amanhã; simplesmente vê você fazendo essas coisas, pois, embora o amanhã ainda não exista para você, já existe para ele. Você nunca pensou que os atos que faz agora são menos livres só porque Deus sabe o que você está fazendo. Bem, ele conhece suas ações de amanhã exatamente da mesma maneira — pois já está no amanhã e pode simplesmente observá-lo. Num certo sentido, ele não conhece nossas ações até que elas tenham acontecido; no entanto, o momento em que elas acontecem já é “agora” para ele.

Essa ideia me ajudou muito. Se ela não ajudar você, deixe-a de lado. Ela é uma “ideia cristã” na medida em que grandes sábios cristãos a sustentaram e que nela não há nada de contrário ao cristianismo. Porém, não se encontra nem na Bíblia nem em nenhum dos credos. Você pode ser perfeitamente cristão sem aceitá-la, ou mesmo sem pensar em absoluto neste assunto.

Proferido por CS. Lewis (1898 – 1963) em programas de rádio difundidos pela Rádio BBC.

Tais veiculações resultaram em três livros: Broadcast Talks (1942), Christian Behaviour (1943) e Beyond Personality (1944), neles o autor fez pequenos acréscimos. Em 2005 a Editora Martins Fontes reuniu toda a obra em um único volume, chamado “Cristianismo Puro e Simples”. Esta postagem é uma excerto desta obra, publicada sob ISBN: 978-8578271725.

 

Nota da editoria da Culturateca:

Em complemento, assista ao vídeo no qual o Dr. William Lane Craig responde ao questionamento: “Pode o universo ter uma causa primeira atemporal?”:

Leia também:

5 1 vote
Article Rating
guest
0 Comentários
Comentários
Visualizar todos os comentários

Faça downloads de livros, imagens, áudios e de outros artefatos.


Clique aqui e conheça a nova seção da Culturateca.

0
Adoraríamos receber sua crítica. Por favor, escreva-a!!x
()
x