Postagens da categoria: Cristianismo

Ciência e Fé: aliados amigáveis, não inimigos hostis

Por

Os homens tornaram-se científicos porque eles presumiam a Lei na Natureza, e presumiam a Lei na Natureza porque acreditavam em um Legislador”. Não é por acaso que Galileu, Kepler, Newton e Clerk-Maxwell eram crentes em Deus.

O culto perfeito

Por C. S. Lewis

A boa leitura se torna possível quando você não precisa pensar conscientemente nos olhos, na luz, na impressão ou na ortografia. O culto perfeito seria aquele em que quase estivéssemos sem percebê-lo, e novidades impedem tal fato.

Que surgiu primeiro, a mente ou a matéria?

Por N. Geisler & P. Bocchino

Disse o conferencista:

“Termino de onde comecei. Evolução, desenvolvimento e a lenta luta para cima e para diante, do início bruto e rudimentar para a perfeição e elaboração sempre crescentes”.

Racionando a razão

Por C. S. Lewis

Nada há de irracional em exercer outras competências além da razão.

O indivíduo que tenta domar um cavalo, redigir um poema ou gerar um filho por meros silogismos é irracional.

Sobre a obstinação na crença

Por C. S. Lewis

Ao tirar um espinho do dedo de uma criança (machucando mais), ou ao ajudar um alpinista novato (elevando-o mais), um obstáculo será a desconfiança deles. Estamos pedindo que confiem em nós em oposição aos próprios sentidos.

A consciência individual e o mito do Cristo revolucionário

Por

O cristianismo refere-se a uma pessoa. Esta pessoa, em absolutamente tudo o que viveu e ensinou enquanto andou sobre esta terra, fez um apelo direto à consciência individual de cada ser humano.

A vida cristã é um empreendimento mercenário?

Por C. S. Lewis

Dinheiro não é a recompensa do amor; por isso chamamos de mercenário o homem que casa por interesse financeiro. O casamento é a recompensa natural do indivíduo que ama, e essa pessoa não é mercenária por desejá-lo.

O Santo Sudário de Turim

Por Benoît Y. M. Bemelmans

Apresentaremos a nossos leitores uma rápida visão histórica do acontecido com a insigne relíquia ao longo dos séculos, e em seguida um apanhado geral de algumas das pesquisas científicas. Ressaltando os estudos feitos pelo Dr. Barbet.

Sobre o perdão

Por Olavo de Carvalho

Quando alguém lhe pede perdão — supondo-se que o faça com sinceridade –, eleva você à posição de um governante ou sacerdote. Portanto, lhe confere uma honra, que dar-lhe o perdão se torna um ato de gratidão.

Natal: por que 25 de dezembro?

Por Dom Murilo S. R. Krieger

O nascimento de Jesus é o fato central da história da humanidade; tanto assim que contamos os anos a partir desse acontecimento. Mas, no Evangelho não existe indicação sobre o dia do nascimento de Jesus.

Natal 2017 *

Por Olavo de Carvalho

Deus me conhece mais do que eu mesmo, nada que eu diga de mim para Ele será novidade. Ao contrário: conto um pedaço da história e Ele mostra o resto.

* Leia as observações do topo desta postagem.

Agora, por exemplo, é Natal

Por

Agora, por exemplo, é Natal. Mesmo? Ando por aí e só vejo trenós, constelações, toneladas de algodão, multidões de papais-noéis, pilhas de caixas embrulhadas para presente. E quase não vejo presépios ou mensagens que lembrem o nascimento de Jesus.

Faça downloads de livros, imagens, áudios e de outros artefatos.


Clique aqui e conheça a nova seção da Culturateca.