Postagens da categoria: Cristianismo

Décima quinta carta de um diabo ao seu aprendiz

Carta Pegando Fogo (Cartas do Inferno).

Por C. S. Lewis

Mensagem do diabo ao seu aprendiz:

“O medo apavorante e o excesso de confiança absurdo são ambos estados de espírito desejáveis. A escolha traz à tona questões relevantes”.

A Providência de Deus

Por

Sem a providência de Deus o mundo teria entrado em colapso. O mundo só tem um destino: a autodestruição. E Deus não controla tudo por causa do homem. Deus controla tudo e todos para o louvor da sua própria glória.

Fragilidade intelectual

Por William Lane Craig

O mais simples filho de Deus, que vive em amor, é mais sapiente, à vista de Deus, do que o brilhantíssimo Bertrand Russel. Tal doutrina abala a soberba de numerosos homens perante suas grandes realizações intelectuais.

Agora e sempre

Por C. S. Lewis

Deus está fora e acima da linha do tempo, portanto Ele não “antevê” você fazendo isto e aquilo amanhã; Ele simplesmente vê você fazendo essas coisas. O amanhã não exista para você, mas já existe para Deus.

Como escolher uma religião?

Por

Eu acredito que os quatro princípios expostos neste artigo devem ser utilizados para guiar alguém a escolher qual religião ele ou ela seguirá e, se aplicados corretamente, confio que eles apontarão para o cristianismo como a escolha mais racional.

Como é possível Deus ser a base da moral?

Por William Lane Craig

Se valores morais objetivos implicam na existência de Deus, plausivelmente isso não é um fato contingente. Valores morais não podem existir sem Deus. Portanto, se valores morais necessariamente existem, segue-se que Deus necessariamente existe.

A terrível necessidade da tribulação

Por C. S. Lewis

No momento em que Deus embainha a espada, me comporto como um cachorrinho quando o banho acaba: sacudo-me e corro recuperar minha confortável sujeira, se não for no monturo mais próximo, pelo menos no primeiro canteiro.

O que é a Teologia Ascética?

Por

Para compreender o que é Teologia Ascética, exporemos: os nomes principais que lhe têm sido atribuídos; o seu lugar nas ciências teológicas; as suas relações com o Dogma e a Moral; e, a distinção entre a Ascética e a Mística.

Bondade Divina

Por C. S. Lewis

Queremos, na verdade, não tanto um Pai Celestial, mas um avô celestial – uma benevolência senil, e cujo plano para o universo fosse simplesmente que se pudesse afirmar no fim de cada dia: “todos aproveitaram muito”.

“O silêncio não vai ajudar a Igreja”, diz padre Paulo Ricardo

Por Jornal de Londrina

“Hoje eu vejo que não nasci para ser bispo. Que nasci para ser pai de bispo, ou seja, formar uma geração de novos padres – e, um dia, um deles será bispo.”, Padre Paulo Ricardo.

Foi morar em Nazaré

Por

A imigração foi um fator importante na construção e evolução da sociedade humana. Muitos povos, ao longo da história, fizeram caminhos migratórios em busca de melhores condições e de adaptação.

A impregnação das alegrias de Natal

Por

O Natal tem o privilégio — ao menos é a impressão que tenho — de interromper o tempo. Chegando o Natal, abre-se como que um paredão e as desgraças ficam do outro lado. Sinos bimbalham! Cristo nasceu: alegria dos homens!

Faça downloads de livros, imagens, áudios e de outros artefatos.


Clique aqui e conheça a nova seção da Culturateca.