Postagens da categoria: Idiossincrasia

Educação ao contrário

Por Olavo de Carvalho

Ninguém pode “dar” educação a ninguém.

Educação é uma conquista pessoal, e só se obtém quando o impulso para ela é sincero, vem do fundo da alma e não de uma obrigação imposta de fora.

Credo de Dom Quixote

Por Mário Ferreira dos Santos

Creio na necessidade do mal para maior glória do Bem.

Creio na noite para maior glória do Sol, e no Sol para maior glória da Lua, inseparáveis amigos e confidentes dos campeadores do ideal.

Tremendas trivialidades

Por G. K. Chesterton

Assim é a história de Pedro e Paulo, que contém todas as qualidades de um conto de fadas moderno, inclusive a de ser totalmente imprópria para crianças. É propositalmente cheia de sutileza e segundas intenções.

Da borboleta a lagarta

Por

A transformação da lagarta em borboleta é de exemplar riqueza poética e estética. A lagarta é feia, a borboleta bonita; a lagarta se arrasta sobre o próprio ventre, a borboleta adeja livre; a lagarta se esconde, a borboleta marca presença.

Mentiras gays

Por Olavo de Carvalho

O homossexualismo não é uma necessidade de maneira alguma, mas apenas um desejo. A supressão total da homossexualidade produziria muita insatisfação em certas pessoas; a da heterossexualidade traria a extinção da espécie.

O que é o politicamente correto?

Por Orlando Braga

O antropocentrismo do marxismo econômico falhou, como sistema social e econômico, em todo o mundo; resta ao marxismo a guerrilha cultural. Compreenda: “Marxismo Cultural” e “Politicamente Correto”, são unívocos.

Conversa franca sobre aborto

Por Olavo de Carvalho

A questão do aborto depende de duas questões.

Primeira: o feto no ventre da mãe é um ser humano? Segunda: Existe diferença entre matar um ser humano no ventre da mãe e matá-lo depois que saiu?

Contra a idolatria do Estado (excerto)

Por Franklin Ferreira

O autoritarismo não é guiado por ideais utópicos, assim há certa distinção entre Estado e sociedade, com tolerância e alguma pluralidade. O totalitarismo invade a vida privada e a asfixia, busca mudar o mundo e a natureza humana.

O Brasileiro Moderno e a Síndrome de Genovese!

Por

Observando a apatia social diante das anomalias com que a mídia nos bombardeia diariamente, lembrei de um fato e não pude deixar de traçar um paralelo. Um sombrio paralelo que até criou a expressão: "Síndrome de Genovese”.

Cultura de massas e perda das identidades!

Por

Gente educada, tem discernimento, contesta e analisa. População sem educação é ignorante, vota sem pensar. Pessoas que perderam suas identidades, aceitam uma nova, com um padrão de vida sugerido nas novelas e nos programas de TV.

Saudade é o amor que fica!

Por Dr. Rogério Brandão

Um anjo passou por mim! Veio na forma de uma criança com 11 anos, calejada por tratamentos diversos, manipulações, injeções e todos os desconfortos, meu anjo definiu a palavra saudade como: é o amor que fica!

O paulista e o pernambucano

Por Plinio Corrêa de Oliveira

O pernambucano é o paulista do Nordeste. E foi verdade outrora que o paulista era o pernambucano do Sul. O pernambucano é muito aparatoso no pensamento, possui inteligência forte, palavreado substancioso; o paulista foi se cosmopolitizando.