O homem medíocre

O homem medíocre acha insolente toda afirmação. Mas se alguém é um pouco amigo e um pouco inimigo de todas as coisas, ele o achará sábio e reservado. Leia mais...

Que é a verdade? Ou, porque é tão difícil defini-la?

Quando alguém declara tudo como relativo, mas não explicita relação alguma, na verdade, está lhe dizendo implicitamente que a verdade deve fluir em relação aos anseios dela. Leia mais...

A casa

Há casas patrióticas, nacionalistas. e internacionalistas. Nas internacionalistas entra e sai quem quer, todo o mundo faz o que lhe passa pela cabeça. Leia mais...

Loucos (ou desequilibrados) pela razão

Na obra Ortodoxia, o autor, G. K. Chesterton, explica: “a mente de um louco é rápida, pois não é embaraçada pelo senso de humor, pela caridade ou pelas certezas das experiências. É mais lógica por perder certos afetos da sanidade”. Leia mais...

Besta ou obra-prima: o que significa ser Humano?

Nós somos aficionados por direitos humanos, nós concedemos prêmios Nobel para celebrá-los, mas há uma questão fundamental que por vezes é negligenciada. Onde encontramos esses direitos, essa dignidade que os humanos possuem? Leia mais...

Uma escada elevando corações ao alto

Na Capela de Loretto, uma artística escada de acesso ao coro atrai anualmente milhares de visitantes. Detém histórias de fé e devoção, e conta com diversos fatores inexplicáveis. Leia mais...

Liiceanu e a catarse cultural brasileira

Após décadas mergulhada em sono hipnótico, a inteligência brasileira dá mostras de estar voltando a requerer o domínio de si mesma. E, como era estuprada enquanto dormia, surge o ódio contra o violentador, de que Liiceanu fala. Leia mais...

Fatos nada significam

Um famoso mestre de Oxford costumava proclamar, com frequência, em suas palestras: “Evidentemente, os fatos nada significam”. Leia mais...

Que surgiu primeiro, a mente ou a matéria?

Disse o conferencista: “Evolução, desenvolvimento e a lenta luta para cima e para diante, do início bruto e rudimentar para a perfeição e elaboração sempre crescentes”. Leia mais...

Um pedaço de giz

Virtude não é ausência de vícios ou abstenção de perigos morais; virtude é algo vívido e distinto, como a dor ou algum cheiro em particular. Leia mais...

 

A vida cristã é um empreendimento mercenário?

Por C. S. Lewis

Dinheiro não é a recompensa do amor; por isso chamamos de mercenário o homem que casa por interesse financeiro. O casamento é a recompensa natural do indivíduo que ama, e essa pessoa não é mercenária por desejá-lo.

Caduceu: expressão plástica da dialética e lógica

Por Olavo de Carvalho

A síntese de dialética e lógica encontrava uma expressão plástica no caduceu, onde duas serpentes entrelaçadas mostravam os movimentos dialéticos da mente, que se afastavam e aproximavam da reta verdade, representada pelo bastão central.

O Santo Sudário de Turim

Por Benoît Y. M. Bemelmans

Apresentaremos a nossos leitores uma rápida visão histórica do acontecido com a insigne relíquia ao longo dos séculos, e em seguida um apanhado geral de algumas das pesquisas científicas. Ressaltando os estudos feitos pelo Dr. Barbet.

A definição do mal

Por Louis Lavelle

Notavelmente jamais podemos definir o mal de maneira positiva. Ele não apenas ingressa num par de que o bem é o outro termo, como é impossível classificá-lo sem evocar o bem de que ele é, precisamente, sua privação.

Sobre o perdão

Por Olavo de Carvalho

Quando alguém lhe pede perdão — supondo-se que o faça com sinceridade –, eleva você à posição de um governante ou sacerdote. Portanto, lhe confere uma honra, que dar-lhe o perdão se torna um ato de gratidão.

O espírito de serendípite

Por Dr. Rogério Lacaz-Ruiz

Se encontramos o que procuramos, diremos como Arquimedes: Eureka!, mas se encontramos o que não procurávamos, podemos dizer: Serendípite! Os sucrilhos, a borracha vulcanizada e a penicilina são exemplos de serendípites!

Vida é um projeto?

Por Luís Afonso Assumpção

O ser humano não é uma mosca drosófila gigante. Viver para simplesmente sentir o que pode ser sentido, “aproveitar” o que cada época nos proporciona, não deve ser nosso único objetivo. Nosso real objetivo é a eternidade.

Decolando na liberdade; aterrissando na escravidão

Por

Comumente vemos pessoas que “embarcam” nos conceitos do “Estado laico”, ou até mesmo nos avanços tecnológicos (normalmente essenciais e admiráveis), crentes de que eles terão como destino uma maior liberdade - nada mais absurdo!

A música e os lobos temporais

Por Oliver Sacks

Em contraste com a doença de Alzheimer, que geralmente se manifesta com perda de memória ou cognitiva, a demência frontotemporal com frequência se inicia com alterações de comportamento: desinibições de um tipo ou de outro.

A mala

Por Autor Desconhecido

Um homem morreu, e ao se dar conta, viu que Deus se aproximava e tinha uma maleta com Ele...

O homem cheio de medo, tomou a maleta de Deus e ao abri-la se deu conta de que estava vazia...

O que NÃO esperar do debate presidencial da eleição 2018?

Por

Dentro da realidade atual, os presidenciáveis vão tangenciar as três rochas de maior tenacidade no caminho de um projeto de nação brasileira independente e autodeterminada. Neste link, descubra quais.

Viver a palavra 2018

Por Equipe Culturateca

Na primeira postagem de 2018 não exporemos apenas um excerto de livro ou incluiremos um “artigo perecível”. Faremos mais! Na verdade, vamos repassar um brinde do qual nós da Equipe da Culturateca somos agraciados diariamente!