Sub Specie Aeternitatis

A atitude revolucionária em relação à História é sempre de ruptura – nada deu certo até então, “o passado é uma roupa que não nos serve mais”, e não há nada que conservar. Dirigir a humanidade ao presente é o único valor dado ao passado. Leia mais...

Decolando na liberdade; aterrissando na escravidão

Comumente vemos pessoas que “embarcam” nos conceitos do “Estado laico”, ou até mesmo nos avanços tecnológicos (normalmente essenciais e admiráveis), crentes de que eles terão como destino uma maior liberdade - nada mais absurdo! Leia mais...

A Consciência Individual e o Mito do Cristo Revolucionário

O cristianismo refere-se a uma pessoa. Esta pessoa, em absolutamente tudo o que viveu e ensinou enquanto andou sobre esta terra, fez um apelo direto à consciência individual de cada ser humano enquanto tal, em sua mais íntima singularidade. Leia mais...

Loucos (ou desequilibrados) pela razão

Na obra Ortodoxia, o autor, G. K. Chesterton, explica: “a mente de um louco é rápida, pois não é embaraçada pelo senso de humor, pela caridade ou pelas certezas das experiências. É mais lógica por perder certos afetos da sanidade”. Leia mais...

Os quatro cavaleiros do apocalipse

A evolução do Direito e da Democracia, nos dois últimos séculos, tem permitido um certo, mas insuficiente, controle do exercício do poder pelos quatro cavaleiros do apocalipse – o político, o burocrata, o corrupto e o incompetente. Leia mais...

Não tenho fé suficiente para ser ateu

Afirmar que o cristianismo persiste por dois mil anos, alicerçado exclusivamente na coluna da fé, é na melhor das hipóteses ignorância; na pior, desonestidade intelectual. E, infelizmente desconhecimento e improbidade estão em voga na desconstrução do cristianismo. Leia mais...

 

Osesp com solista Bertrand Chamayou

Osesp

Por Osesp

No próximo mês, o regente associado da Osesp, Celso Antunes, comandará obras de Debussy, Scriabin e Takemitsu. O solista convidado, será o pianista francês Bertrand Chamayou, único artista que conquistou em três ocasiões o prêmio Victoires de la Musique.

Osesp e MASP: “Outra ideia do clássico”

Osesp

Por Osesp

A Osesp e o MASP, duas simbólicas instituições culturais de São Paulo, estão em parceria inédita para aproximar a música clássica e as artes plásticas. O resultado poderá ser apreciado em 24 de novembro de 2015.

Não tenho fé suficiente para ser ateu

Por

Afirmar que o cristianismo persiste por dois mil anos, alicerçado exclusivamente na coluna da fé, é na melhor das hipóteses ignorância; na pior, desonestidade intelectual. E, infelizmente desconhecimento e improbidade estão em voga na desconstrução do cristianismo.

Os ricos-pobres

Os Ricos-Pobres

Por
Martha Medeiros

Cultura e dinheiro permitem dividir a sociedade em diversos grupos; como: “ricos-ricos”, e “pobres-ricos”. De forma bem humorada, ouça Salomão Schvartzman revelando as características de cada um, recitando artigo da escritora e jornalista Martha Medeiros.

O grande encontro de Camões com Salomão

Por
Rouxinol e Serra


Inspirado no texto dos cordealistas Rouxinol do Rinaré e Serra Azul, Salomão Schvartzman e Alfredo Alves interpretam suposto encontro entre o poeta português Camões e o Rei Salomão. Ouça ao resultado nesta postagem.

Um mártir da ciência

Galileu Galilei

Por
Olavo de Carvalho


O confronto com a Inquisição não foi uma disputa entre "ciência e fé", nem muito menos entre "ciência e superstição", mas entre a pseudo-ciência presunçosa de Galileu e a ciência superior de São Roberto Belarmino.

A fé inabalável que só um ateu é capaz de ter

Macaco Datilógrafo

Por

O ateu é capaz de acreditar em tudo, do surgimento espontâneo de eventos dos mais bizarros e incoerentes aos mais pueris e desprovidos de lógica, mas desde que, obviamente, em tais eventos não exista a figura de um ser criador-intervencionista-divino.

True Outspeak: pseudo-religião

True Outspeak

Por Olavo de Carvalho

Espaço absoluto é o espaço infinito em todas as direções e sem nada dentro; tempo absoluto é a incorrupta duração sem fato algum. Essas teorias não são empíricas, são puras construções mentais.

O dicionário

O dicionário

Por Machado de Assis

O dicionário é um conto curto. Expõe como tiranetes dispõem das leis de acordo com suas vontades e interesses. Trata-se de conceito eviterno, escrito pelo imortal Presidente da Academia Brasileira de Letras.

Inquisição: Mito e realidade histórica

Por Dr. Roman Konik

Lendo os autos dos processos inquisitoriais, encontramos bandidos que, surpreendidos pela polícia, inventavam uma motivação religiosa. Por quê? Simplesmente para cair na esfera da justiça da Inquisição e não da justiça civil ou temporal.

Espírito e personalidade

Espírito e personalidade

Por Olavo de Carvalho

Pessoas que pensam muito são, apenas por isso, chamadas de “intelectuais”, mas isso é errado: a vida do intelecto só começa na fronteira em que o pensamento se apaga para dar lugar ao vislumbre da verdade.