O que era descrito sobre vacinas na obra: “A verdadeira história do Clube Bilderberg”, publicada em 2005?

Pequeno excerto da obra: “A verdadeira história do Clube Bilderberg”, publicada em 2005. Os liames com os assuntos atualmente em voga são inevitáveis. Leia mais...

Que é a verdade? Ou, porque é tão difícil defini-la?

Quando alguém declara tudo como relativo, mas não explicita relação alguma, na verdade, está lhe dizendo implicitamente que a verdade deve fluir em relação aos anseios dela. Leia mais...

Por que a obsessão pela inovação?

Nossa obsessão pela inovação nos leva a desvalorizar a manutenção, que é necessária para manter o mundo funcionando. É mais atraente investir dinheiro em uma startup de tecnologia do que investir em saneamento básico. Leia mais...

Quando a vida de um ser humano inicia?

A ciência moderna evidência que a vida humana inicia no exato momento da concepção ou da fertilização. A fetologia também expõe fatos impressionantes. Leia mais...

Entendendo os riscos da vacina contra o Coronga

Tente explicar por telegrama o gosto de uma maçã para alguém que nunca comeu uma maçã na vida. Neste caso, você começará compreender as dificuldades que envolvem o processo de criação de uma vacina baseada em RNA mensageiro. Leia mais...

Uma escada elevando corações ao alto

Na Capela de Loretto, uma artística escada de acesso ao coro atrai anualmente milhares de visitantes. Detém histórias de fé e devoção, e conta com diversos fatores inexplicáveis. Leia mais...

O Santo Sudário de Turim

Apresentaremos a nossos leitores uma rápida visão histórica do acontecido com a insigne relíquia ao longo dos séculos, e em seguida um apanhado geral de algumas das pesquisas científicas. Ressaltando os estudos feitos pelo Dr. Barbet. Leia mais...

Fatos nada significam

Um famoso mestre de Oxford costumava proclamar, com frequência, em suas palestras: “Evidentemente, os fatos nada significam”. Leia mais...

Que surgiu primeiro, a mente ou a matéria?

Em 2006, o âncora do Diário da Manhã, Salomão Schvartzman (1934 – 2019), desistiu de entrevistar seu amigo Paulo Bomfim (1926 – 2019); anunciou a nova edição do livro “O colecionador de Minutos”, recitando com o autor alguns dos pensamentos da obra. Leia mais...

Dois excertos da obra: “Manual popular de dúvidas, enigmas e contradições da Bíblia”

Como o universo pode ter tido um “princípio”, se a ciência moderna diz que a energia é eterna? Jesus errou quando afirmou que os sinais do tempo do fim se cumpririam em sua era. Leia mais...

 

A carta

Por Benoît Bemelmans

Neste artigo, Bemelmans comenta quadro do pintor francês Henri Brispot (1846-1928), que retrata um cardeal romano lendo uma carta, enquanto numa atitude respeitosa o frade franciscano que a trouxe espera uma resposta.

Qual a sua cosmovisão?

Por Thiago McHertt

Todos temos uma cosmovisão, ainda que, conforme diz Sire, isso seja inconsciente. Por meio do gráfico exposto neste artigo é possível reconhecer algumas das principais cosmovisões partindo do conceito da existência de Deus.

De Bobbio a Bernanos

Por Olavo de Carvalho

Há boas razões para duvidar que “mais democracia” seja ainda democracia, - ao contrário de um pão, ela não cresce sem perder homogeneidade: à medida que ela se expande sua natureza vai mudando até converter-se no contrário.

Na igreja do diabo

Por

No conto A igreja do diabo, Machado de Assis parece profético. Nele, satanás afirma:

"Se você pode vender tua casa que é externa a você, então, pode vender teu voto e tua fé que estão dentro de si".

A religião do século XXI

Por João Luiz Mauad

Ambientalistas saúdam um tempo em que:

A mortalidade infantil era de 80%? Quatro crianças em cinco morriam antes dos cinco anos? Ou quando a expectativa média de vida era de 30 anos?

Acusam-me!

Por

Acusam-me de ser: racista, porque sou branco; machista, por ser contra o aborto; fundamentalista, por sustentar que estado laico não é o mesmo que estado ateu; falso católico, por mostrar os desvios da CNBB; e mais.

Lógica da mistificação, ou: O chicote da Tiazinha

Por Olavo de Carvalho

Se a comunicação informal dominasse todos os setores, a sociedade entraria em colapso. Exemplo: a medida que a linguagem informal invade os domínios superiores da sociedade política, o senso das responsabilidades vai desaparecendo.

Partir é viver… ou morrer um pouco!

Por Benoît Bemelmans

Neste artigo, Bemelmans comenta quadro de Abraham Solomon, que retrata a partida da mala postal de Biarritz (País Basco francês). A obra expõe que a vida há um século ou pouco mais era tranquila, alegre, interessante e harmoniosa.

True Outspeak: Família, liberdade e opressão

True Outspeak

Por Olavo de Carvalho

O incentivo à liberdade pessoal total, sobretudo à liberdade sexual, sempre está associada com ideologias tirânicas, as quais prometem uma certa liberdade sem limites, - muitas pessoas vão atrás disso como crianças, e deixam-se manipular.

O que é cultura?

Por

O conceito de cultura é tão amplo que, ao analisá-lo, é comum substituir o real objeto da análise (cultura) por um fragmento dela (exemplo: espetáculos artísticos), ou examinar um elemento (como a economia) ignorando que o alicerce esteja na cultura.

A descoberta de sentido no sofrimento

Por Viktor Emil Frankl

Eu costumo afirmar que o desespero pode ser definido nos termos de uma equação matemática: D = S – S.

Quer dizer: o desespero é igual a sofrimento sem o sentido.

Mensagens de Viktor Frankl

Por Viktor Emil Frankl

Não procurem o sucesso. Quanto mais o procurarem e o transformarem num alvo, mais vocês vão errar. Porque o sucesso, como a felicidade, não pode ser perseguido; ele deve acontecer, e só tem lugar como efeito colateral.