O Sistema Nacional de Ensino é um FIASCO

Olavo de Carvalho observou: “A língua permite que o legado cultural das gerações passadas continue sendo acessível e transmissível às novas gerações”. E, quase todos os alunos brasileiros concluem o ensino médio sem saber gramática. Leia mais...

Excertos de livros

Neste link você encontrará excertos de obras clássicas, escritas por autores como: G. K. Chesterton, Lee Strobel, C. S. Lewis, Mortimer J. Adler, Santo Agostinho, Viktor Frankl e René Girard. Um grande incentivo para boas leituras! Leia mais...

Por que estudar?

A educação não serve para dar instrumento para que o indivíduo faça alguma coisa; serve para que o indivíduo seja alguma coisa. Fornece personalidade, consciência, capacidade de fazer escolhas, traz autoconhecimento, posiciona a pessoa no mundo, etc. Leia mais...

O verdadeiro, o bom e o belo

Aquele que pergunta “por que acreditar no que é verdadeiro” ou “por que desejar o que é bom” foi incapaz de compreender a natureza do raciocínio. Ele não percebe que, para justificarmos nossas crenças e desejos, nossa razão deve estar ancorada no verdadeiro e no bom. Leia mais...

True Ouspeak: transcrições de trechos célebres

Neste link torna-se fácil notar os motivos pelos quais o filósofo Olavo de Carvalho comumente desafia e vence toda intelectualidade brasileira. Leia mais...

Deus existe? Nada prova; tudo evidencia!

Para evidenciar a existência de Deus, este artigo faz um amálgama entre o infinito, o “nada absoluto”, o Big Bang e a primeira das cinco vias de São Tómas de Aquino. Tudo sempre alicerçado em obras consagradas, incluindo a Bíblia. Leia mais...

Catedráticos e homens pré-históricos

Um inventor pode avançar passo a passo na construção de um aeroplano, mesmo que esteja fazendo suas experiências com paus e peças metálicas no fundo do quintal. Mas no fundo do quintal ele não consegue observar a evolução do elo perdido. Leia mais...

Tremendas trivialidades

Assim é a história de Pedro e Paulo, que contém todas as qualidades de um conto de fadas moderno, inclusive a de ser totalmente imprópria para crianças. É propositalmente cheia de sutileza e segundas intenções. Leia mais...

Por que a beleza importa?

Em qualquer época entre 1750 e 1930, se você pedisse às pessoas cultas para descrever o objetivo da poesia, da arte ou da música, elas responderiam: a Beleza. Depois, a arte concentrou-se em perturbar e quebrar tabus morais. Leia mais...

Não tenho fé suficiente para ser ateu

Afirmar que o cristianismo persiste por dois mil anos, alicerçado exclusivamente na coluna da fé, é na melhor das hipóteses ignorância; na pior, desonestidade intelectual. E, infelizmente desconhecimento e improbidade estão em voga na desconstrução do cristianismo. Leia mais...

 

O Brasileiro Moderno e a Síndrome de Genovese!

Por

Observando a apatia social diante das anomalias com que a mídia nos bombardeia diariamente, lembrei de um fato e não pude deixar de traçar um paralelo. Um sombrio paralelo que até criou a expressão: "Síndrome de Genovese”.

Jesus Cristo: o infinito no finito

Por Papa Bento XVI

O homem anseia pelo infinito. Parece-me que precisamente o nosso tempo, com suas contradições, seus desesperos, seu massivo empenho em refugiar-se em becos sem saída como a droga, manifesta visivelmente essa sede do infinito.

Cultura de massas e perda das identidades!

Por

Gente educada, tem discernimento, contesta e analisa. População sem educação é ignorante, vota sem pensar. Pessoas que perderam suas identidades, aceitam uma nova, com um padrão de vida sugerido nas novelas e nos programas de TV.

Saudade é o amor que fica!

Por Dr. Rogério Brandão

Um anjo passou por mim! Veio na forma de uma criança com 11 anos, calejada por tratamentos diversos, manipulações, injeções e todos os desconfortos, meu anjo definiu a palavra saudade como: é o amor que fica!

O paulista e o pernambucano

Por Plinio Corrêa de Oliveira

O pernambucano é o paulista do Nordeste. E foi verdade outrora que o paulista era o pernambucano do Sul. O pernambucano é muito aparatoso no pensamento, possui inteligência forte, palavreado substancioso; o paulista foi se cosmopolitizando.

Deus existe? Nada prova; tudo evidencia!

Por

Para evidenciar a existência de Deus, este artigo faz um amálgama entre o infinito, o "nada absoluto", o Big Bang e a primeira das cinco vias de São Tómas de Aquino. Tudo sempre alicerçado em obras consagradas, incluindo a Bíblia.

Os diversos sentidos da Escritura

Por Santo Agostinho

Assim como uma fonte, em seu pequeno leito, torna-se depois mais abundante, a tua palavra são como torrentes de límpida verdade, de onde cada um tira para si a verdade que pode, para depois desenvolvê-la em longas sinuosidades.

Controle dos Rothschilds na Amazônia

Por Politicamente Irado

General Durval Antunes de Andrade Nery, conselheiro do Centro Brasileiro de Estudos Estratégicos, acusa controle dos Rothschilds na Amazônia Brasileira com o patrocínio do PSDB. A Soberania do país corre sérios riscos.

Tempo longo, tempo breve

Por Santo Agostinho

Não digamos: “O tempo passado foi longo” – pois não encontraremos nada que pudesse ter sido longo; uma vez passado não existe mais. Mas digamos: “O tempo presente foi longo” – porque só era longo enquanto presente.

Alguém pode me explicar?

Por

Frequentemente, perguntas e comentários de estudantes revelam grande reprovação ao papel desempenhado pela Igreja na história da humanidade. Muitos acreditam que ela cruzou séculos fazendo o oposto daquilo para o que a instituiu Nosso Senhor Jesus Cristo.

Desarmamento: imperativo para desobediência civil

Por Adão Paiani

A sociedade estrutura-se sob um pacto social:

O cidadão abre mão da autotutela, ou seja, do exercício das próprias razões, e a deposita nas mãos do Estado, que assume o dever de zelar por sua segurança.

Que é o tempo?

Por Santo Agostinho

Que é o tempo? Se ninguém me pergunta, eu sei; mas, se quiser explicar a quem indaga, já não sei.

Como pode existir passado e futuro? O passado já não existe mais; e, o futuro ainda não chegou.