O darwinismo é a raiz da cultura da morte

Margaret Sanger, Alfred Kinsey, Lenin e Hitler tinham o darwinismo como a raiz de suas convicções, viam o extermínio de povos como um jeito de “avançar a evolução”. O darwinismo era também o “alicerce” da ideologia comunista. Leia mais...

Nazismo e comunismo, irmãos gêmeos

Ambos são totalitários, ambos afirmam a prevalência do Estado sobre a sociedade, ambos são anticapitalistas e contra o livre mercado, ambos se opõem ao conservadorismo e ao liberalismo. Firmaram acordos, até que, ocorreram conflitos geopolíticos. Leia mais...

Catedráticos e homens pré-históricos

Um inventor pode avançar passo a passo na construção de um aeroplano, mesmo que esteja fazendo experiências com paus e peças metálicas no fundo do quintal. Mas, ele não consegue observar a evolução das espécies. Leia mais...

Não tenho fé suficiente para ser ateu

Afirmar que o cristianismo persiste por dois mil anos, alicerçado exclusivamente na coluna da fé, é na melhor das hipóteses ignorância; na pior, desonestidade intelectual. E, infelizmente desconhecimento e improbidade estão em voga na desconstrução do cristianismo. Leia mais...

Deus existe? Nada prova; tudo evidencia!

Para evidenciar a existência de Deus, este artigo faz um amálgama entre o infinito, o “nada absoluto”, o Big Bang e a primeira das cinco vias de São Tómas de Aquino. Tudo sempre alicerçado em obras consagradas, incluindo a Bíblia. Leia mais...

A história como espetáculo

Os mortos estão para sempre excluídos do diálogo, são os excluídos por excelência. Eles têm olhos mas não veem, têm ouvidos mas não ouvem. Nós os espiamos pelo buraco da fechadura que denominamos por “História”. Leia mais...

 

A vida cristã é um empreendimento mercenário?

Por C. S. Lewis

Dinheiro não é a recompensa do amor; por isso chamamos de mercenário o homem que casa por interesse financeiro. O casamento é a recompensa natural do indivíduo que ama, e essa pessoa não é mercenária por desejá-lo.

Caduceu: expressão plástica da dialética e lógica

Por Olavo de Carvalho

A síntese de dialética e lógica encontrava uma expressão plástica no caduceu, onde duas serpentes entrelaçadas mostravam os movimentos dialéticos da mente, que se afastavam e aproximavam da reta verdade, representada pelo bastão central.

O Santo Sudário de Turim

Por Benoît Y. M. Bemelmans

Apresentaremos a nossos leitores uma rápida visão histórica do acontecido com a insigne relíquia ao longo dos séculos, e em seguida um apanhado geral de algumas das pesquisas científicas. Ressaltando os estudos feitos pelo Dr. Barbet.

A definição do mal

Por Louis Lavelle

Notavelmente jamais podemos definir o mal de maneira positiva. Ele não apenas ingressa num par de que o bem é o outro termo, como é impossível classificá-lo sem evocar o bem de que ele é, precisamente, sua privação.

Sobre o perdão

Por Olavo de Carvalho

Quando alguém lhe pede perdão — supondo-se que o faça com sinceridade –, eleva você à posição de um governante ou sacerdote. Portanto, lhe confere uma honra, que dar-lhe o perdão se torna um ato de gratidão.

O espírito de serendípite

Por Dr. Rogério Lacaz-Ruiz

Se encontramos o que procuramos, diremos como Arquimedes: Eureka!, mas se encontramos o que não procurávamos, podemos dizer: Serendípite! Os sucrilhos, a borracha vulcanizada e a penicilina são exemplos de serendípites!

Vida é um projeto?

Por Luís Afonso Assumpção

O ser humano não é uma mosca drosófila gigante. Viver para simplesmente sentir o que pode ser sentido, “aproveitar” o que cada época nos proporciona, não deve ser nosso único objetivo. Nosso real objetivo é a eternidade.

Decolando na liberdade; aterrissando na escravidão

Por

Comumente vemos pessoas que “embarcam” nos conceitos do “Estado laico”, ou até mesmo nos avanços tecnológicos (normalmente essenciais e admiráveis), crentes de que eles terão como destino uma maior liberdade - nada mais absurdo!

A música e os lobos temporais

Por Oliver Sacks

Em contraste com a doença de Alzheimer, que geralmente se manifesta com perda de memória ou cognitiva, a demência frontotemporal com frequência se inicia com alterações de comportamento: desinibições de um tipo ou de outro.

A mala

Por Autor Desconhecido

Um homem morreu, e ao se dar conta, viu que Deus se aproximava e tinha uma maleta com Ele...

O homem cheio de medo, tomou a maleta de Deus e ao abri-la se deu conta de que estava vazia...

O que NÃO esperar do debate presidencial da eleição 2018?

Por

Dentro da realidade atual, os presidenciáveis vão tangenciar as três rochas de maior tenacidade no caminho de um projeto de nação brasileira independente e autodeterminada. Neste link, descubra quais.

Viver a palavra 2018

Por Equipe Culturateca

Na primeira postagem de 2018 não exporemos apenas um excerto de livro ou incluiremos um “artigo perecível”. Faremos mais! Na verdade, vamos repassar um brinde do qual nós da Equipe da Culturateca somos agraciados diariamente!

Ao acessar a Culturateca, atente a seção “Entre aspas”. A cada 60 segundos será exposto um pensamento de uma renomada personalidade.