Excertos de obras clássicas

Leia excertos de livros clássicos, todos dotados de sentido completo. Nenhum irá dispensá-lo da leitura integral; todos irão incentivá-lo na expedição de uma grande obra! Leia mais...

O lado oculto do carnaval

Na maior parte da história do Brasil, o nosso carnaval foi uma algazarra. Quem regulou a bagunça do carnaval europeu, com grandes repercussões no Brasil (notáveis na Sapucaí), foram os ditadores: Hitler e Mussolini. Leia mais...

Excertos do programa True Outpeak, com Olavo de Carvalho

Assista, ouça ou leia pequenos excertos do programa True Outspeak, e constate: “Olavo tem razão”! Transcrevemos nove trechos e adicionamos links, áudios e outros recursos, confira! Leia mais...

O darwinismo é a raiz da cultura da morte

Margaret Sanger, Alfred Kinsey, Lenin e Hitler tinham o darwinismo como a raiz de suas convicções, viam o extermínio de povos como um jeito de “agilizar a evolução”. Leia mais...

Decolando na liberdade; aterrissando na escravidão

Comumente vemos pessoas que “embarcam” nos conceitos do “Estado laico”, ou até mesmo nos avanços tecnológicos (normalmente essenciais e admiráveis), crentes de que eles terão como destino uma maior liberdade - nada mais absurdo! Leia mais...

Não tenho fé suficiente para ser ateu

Afirmar que o cristianismo persiste por dois mil anos, alicerçado exclusivamente na coluna da fé, é na melhor das hipóteses ignorância; na pior, desonestidade intelectual. E, infelizmente desconhecimento e improbidade estão em voga na desconstrução do cristianismo. Leia mais...

 

Culturateca, você e as estatísticas de acesso!

Por Equipe Culturateca

Em cinco meses, o Google Analytics registrou mais de 19.500 exibições de páginas, e com tempo médio das visitas compatível ao tamanho médio dos nossos artigos. Temos a enorme obrigação e o prazer ainda maior de agradecê-los!

Agora, por exemplo, é Natal

Por

Agora, por exemplo, é Natal. Mesmo? Ando por aí e só vejo trenós, constelações, toneladas de algodão, multidões de papais-noéis, pilhas de caixas embrulhadas para presente. E quase não vejo presépios ou mensagens que lembrem o nascimento de Jesus.

Sempre pelo Brasil

Por

Por minha Família, pela FRAUDE na eleição da Dilma e pela confirmação inconteste do Crime Organizado Institucionalizado na República do Brasil desde a “redemocratização”, acelerei minha preparação. O tempo urge, - corruptos não esperam!

Liberté, Egalité, Fraternité, o Carvalho…

Por

O lema “Liberdade, Igualdade, Fraternidade” (Liberté, Egalité, Fraternité), do Iluminismo (Revolução Francesa), está entre as maiores FRAUDES de todos os tempos. Toca a emoção no fundo do coração no limite do transe hipnótico.

República do Brasil: maculada por mentiras!

Por Bruno Garschagen

Não compreendo a celebração da mentira que se convencionou chamar de “proclamação da república”. Porque a república presidencialista no Brasil foi imposta em 15 de novembro de 1889 com um golpe militar.

Professores não, doutrinadores

Por Marcus Vinivius Motta

A educação no Brasil passou de mal a pior no momento que transmissores de conteúdo começaram a se achar “educadores”. Eles acreditam mesmo que a função deles é formar caráter, quase salvando a criança da própria família.

Técnicas de manipulação psicológica

Por Pascal Bernardin

As téc­ni­cas de ma­ni­pu­la­ção psi­co­ló­gi­ca tor­na­ram-se ob­je­to, já há mui­tas dé­ca­das, de apro­fun­da­dos tra­ba­lhos re­a­li­za­dos por psi­có­lo­gos e psi­có­lo­gos so­ci­ais. Neste link são analisadas as técnicas: “pé na porta”, “porta na cara” e de dissonância cognitiva.

A matemática da impossibilidade

Por Joe Coffey

David Foster escreveu: “O DNA do bacteriófago t4 tem uma improbabilidade de 10 elevado à 78000ª potência. Em um Universo com idade de apenas 10 elevado à 18ª potência de segundos”. A vida não evoluiu por acaso!

O desmoronamento da família

Por Murillo Galliez

As autoridades civis dos diversos países foram introduzindo modificações na legislação, de modo a adaptá-la aos hábitos e costumes contrários aos mandamentos da Lei de Deus. Resultado: estamos vivenciando a legalização da imoralidade!

As origens do politicamente correto

Por William S. Lind

Politicamente correto é igual ao marxismo cultural. É marxismo “simplesmente” traduzido de termos econômicos para termos culturais. É um esforço que começa não nos anos 1960, com os hippies, mas na Primeira Guerra Mundial.

Por que estudar?

Por José Monir Nasser

A educação não serve para dar instrumento para que o indivíduo faça alguma coisa; serve para que o indivíduo seja alguma coisa. Fornece personalidade, consciência, capacidade de fazer escolhas, posiciona a pessoa no mundo, etc.

O que é uma suma?

Por Carlos Arthur Ribeiro do Nascimento.

A palavra “suma” pode ser aplicada a tipos diferentes de obras, visando caráter de antologia, compilação, enciclopédia ou resumo. O tipo comumente mais acabado é caracterizado por três aspectos, todos descritos nesta postagem.

Certamente você sabe que estamos no período quaresmal, mas você é capaz de responder aos questionamentos:


Atente aos links acima.