O homem medíocre

O homem medíocre acha insolente toda afirmação. Mas se alguém é um pouco amigo e um pouco inimigo de todas as coisas, ele o achará sábio e reservado. Leia mais...

Que é a verdade? Ou, porque é tão difícil defini-la?

Quando alguém declara tudo como relativo, mas não explicita relação alguma, na verdade, está lhe dizendo implicitamente que a verdade deve fluir em relação aos anseios dela. Leia mais...

A casa

Há casas patrióticas, nacionalistas. e internacionalistas. Nas internacionalistas entra e sai quem quer, todo o mundo faz o que lhe passa pela cabeça. Leia mais...

Loucos (ou desequilibrados) pela razão

Na obra Ortodoxia, o autor, G. K. Chesterton, explica: “a mente de um louco é rápida, pois não é embaraçada pelo senso de humor, pela caridade ou pelas certezas das experiências. É mais lógica por perder certos afetos da sanidade”. Leia mais...

Besta ou obra-prima: o que significa ser Humano?

Nós somos aficionados por direitos humanos, nós concedemos prêmios Nobel para celebrá-los, mas há uma questão fundamental que por vezes é negligenciada. Onde encontramos esses direitos, essa dignidade que os humanos possuem? Leia mais...

Uma escada elevando corações ao alto

Na Capela de Loretto, uma artística escada de acesso ao coro atrai anualmente milhares de visitantes. Detém histórias de fé e devoção, e conta com diversos fatores inexplicáveis. Leia mais...

Liiceanu e a catarse cultural brasileira

Após décadas mergulhada em sono hipnótico, a inteligência brasileira dá mostras de estar voltando a requerer o domínio de si mesma. E, como era estuprada enquanto dormia, surge o ódio contra o violentador, de que Liiceanu fala. Leia mais...

Fatos nada significam

Um famoso mestre de Oxford costumava proclamar, com frequência, em suas palestras: “Evidentemente, os fatos nada significam”. Leia mais...

Que surgiu primeiro, a mente ou a matéria?

Disse o conferencista: “Evolução, desenvolvimento e a lenta luta para cima e para diante, do início bruto e rudimentar para a perfeição e elaboração sempre crescentes”. Leia mais...

Um pedaço de giz

Virtude não é ausência de vícios ou abstenção de perigos morais; virtude é algo vívido e distinto, como a dor ou algum cheiro em particular. Leia mais...

 

Como é possível Deus ser a base da moral?

Por William Lane Craig

Se valores morais objetivos implicam na existência de Deus, plausivelmente isso não é um fato contingente. Valores morais não podem existir sem Deus. Portanto, se valores morais necessariamente existem, segue-se que Deus necessariamente existe.

Receita para o caos

Por

A ideia de que um tribunal deveria sentir-se competente para dividir as crenças entre prejudiciais e não prejudiciais a uma sociedade democrática é absurda, pois equivale ao licenciamento virtual ou certificação de crenças.

Multiculturalismo ou apropriação cultural?

Por

O policiamento da apropriação cultural rapidamente cai por terra. Exemplificando, estudantes declararam que brincos de argola não deveriam ser usados por mulheres brancas. Mas como é possível determinar os tamanhos e as formas das joias aceitáveis?

Saber e viver

Por Olavo de Carvalho

No período grego as escolas de filosofia não eram apenas centros de ensino e investigação científicos. Buscavam que seus membros tivessem uma consciência filosófica, que fosse a maneira certa de viver.

A terrível necessidade da tribulação

Por C. S. Lewis

No momento em que Deus embainha a espada, me comporto como um cachorrinho quando o banho acaba: sacudo-me e corro recuperar minha confortável sujeira, se não for no monturo mais próximo, pelo menos no primeiro canteiro.

Sobre o evolucionismo

Por

Já possuímos estrutura suficiente para pesquisas científicas em laboratórios de biologia molecular das quais os resultados demonstram que, no campo da ciência específica, dita biológicas, é impossível que haja evolução.

Para se falar sobre o aborto

Por

A mulher tem direitos sobre seu próprio corpo, mas não tem direitos sobre o corpo do outro ser humano que está dentro dela. Crianças estão abandonadas por causa da promiscuidade sexual, e não por precárias condições financeiras.

Loucura e Sociedade

Por

Os italianos preservaram uma cultura familiar e de responsabilidade que reduz severamente a manifestação de comportamento patológico e impõe um padrão de dignidade que incentiva viciados e doentes mentais a participarem da sociedade.

A nova-velha reductio ad fascistum

Por

Uma tradução inexata do latim para o português da expressão reductio ad fascistum pode ser dada pela sentença: ''Reduzindo [a argumentação] para [taxar alguém de] fascista''. É uma forma de tentar encerrar o debate pelo medo.

O que é a Teologia Ascética?

Por

Para compreender o que é Teologia Ascética, exporemos: os nomes principais que lhe têm sido atribuídos; o seu lugar nas ciências teológicas; as suas relações com o Dogma e a Moral; e, a distinção entre a Ascética e a Mística.

Bondade Divina

Por C. S. Lewis

Queremos, na verdade, não tanto um Pai Celestial, mas um avô celestial – uma benevolência senil, e cujo plano para o universo fosse simplesmente que se pudesse afirmar no fim de cada dia: “todos aproveitaram muito”.

O espectro do cientificismo

Por

O método científico nos legou um certo poder sobre os caprichos brutais da natureza. Um efeito colateral destas conquistas foi que alguns começaram a tratar as ciências empíricas como a única forma de raciocínio verdadeiro.