Que é a verdade? Ou, porque é tão difícil defini-la?

Quando alguém declara tudo como relativo, mas não explicita relação alguma, na verdade, está lhe dizendo implicitamente que a verdade deve fluir em relação aos anseios dela. Leia mais...

Um pedaço de giz

Virtude não é ausência de vícios ou abstenção de perigos morais; virtude é algo vívido e distinto, como a dor ou algum cheiro em particular. Leia mais...

Duas meditações

Este artigo não ambiciona que você faça duas meditações, mas 999! Deseja que você faça download da obra Minha luta à luz do “Caminho”, e faça todas as reflexões descritas. Leia mais...

Loucos (ou desequilibrados) pela razão

Na obra Ortodoxia, o autor, G. K. Chesterton, explica: “a mente de um louco é rápida, pois não é embaraçada pelo senso de humor, pela caridade ou pelas certezas das experiências. É mais lógica por perder certos afetos da sanidade”. Leia mais...

Besta ou obra-prima: o que significa ser Humano?

Nós somos aficionados por direitos humanos, nós concedemos prêmios Nobel para celebrá-los, mas há uma questão fundamental que por vezes é negligenciada. Onde encontramos esses direitos, essa dignidade que os humanos possuem? Leia mais...

Uma escada elevando corações ao alto

Na Capela de Loretto, uma artística escada de acesso ao coro atrai anualmente milhares de visitantes. Detém histórias de fé e devoção, e conta com diversos fatores inexplicáveis. Leia mais...

Liiceanu e a catarse cultural brasileira

Após décadas mergulhada em sono hipnótico, a inteligência brasileira dá mostras de estar voltando a requerer o domínio de si mesma. E, como era estuprada enquanto dormia, surge o ódio contra o violentador, de que Liiceanu fala. Leia mais...

Fatos nada significam

Um famoso mestre de Oxford costumava proclamar, com frequência, em suas palestras: “Evidentemente, os fatos nada significam”. Leia mais...

Que surgiu primeiro, a mente ou a matéria?

Disse o conferencista: “Evolução, desenvolvimento e a lenta luta para cima e para diante, do início bruto e rudimentar para a perfeição e elaboração sempre crescentes”. Leia mais...

Como tomar notas

Evitai o capricho em tudo. Como a leitura é nutrição, e a lembrança uma posse que enriquecendo a pessoa faz corpo com ela, as notas são reserva alimentar e pessoal. Leituras, lembrança, notas, tudo isto deve completarmos. Leia mais...

 

Deus, a verdade e o homem

Por

Não é espantoso observar que as filosofias modernas, ainda que prometam a liberdade, neguem o indivíduo? Ao perder a fé em Deus e Jesus Cristo, o Ocidente não está apenas se degenerando. Está literalmente enlouquecendo.

Racionando a razão

Por C. S. Lewis

Nada há de irracional em exercer outras competências além da razão.

O indivíduo que tenta domar um cavalo, redigir um poema ou gerar um filho por meros silogismos é irracional.

Isso é civilização?

Por

Se a ideologia atéia propôs, algum dia, uma civilização, o máximo que se pode recordar é da União Soviética e demais países socialistas, onde o ateísmo era oficial, junto com a onipotência do Estado. Sem Deus, tudo é permitido.

Sociedade justa

Por Olavo de Carvalho

Os atributos de justiça e injustiça só se aplicam aos entes concretos capazes de atuar. Um ser humano pode atuar, uma empresa pode atuar, um grupo político pode atuar, mas “a sociedade”, como um todo, não pode.

A deusa ciência

Por

O ideal científico tomou conta da mente ocidental e tornou-se o tesouro maior da civilização, tudo, em seu nome, passou a ser permitido. O famoso experimento do Dr. Stanley Milgram (1933 - 1984) é um exemplo Infausto de tal fato.

Mentiras sinceras me interessam

Por

Le U. Knight, um dos fundadores do amistoso Movimento da Extinção Humana Voluntária (VHEMT), conscienciosamente prega o homeopático desaparecimento da raça humana, para o bem do planeta e das capivaras.

Desmistificando a democracia

Por

Não devemos nos iludir: uma nação é livre não porque elege os seus representantes pelo voto direto, mas porque os direitos naturais universais dos seus indivíduos – vida, liberdade e propriedade - estão todos devidamente protegidos.

Inteligência, estudo e aprendizagem

Por

Sobre o aprendizado, Pierluigi Piazzi, ensinava: inteligência pode ser aprendida; assistir aula não é estudar; aula dada deve ser estudada no mesmo dia; dormir bem para organizar e reter o conhecimento na memória; etc. Leia lista completa nesta postagem.

Liiceanu e a catarse cultural brasileira

Por

Após décadas mergulhada em sono hipnótico, a inteligência brasileira dá mostras de estar voltando a requerer o domínio de si mesma. E, como era estuprada enquanto dormia, surge o ódio contra o violentador, de que Liiceanu fala.

Nazismo e comunismo, irmãos gêmeos

Por

Ambos são totalitários, ambos afirmam a prevalência do Estado sobre a sociedade, ambos são anticapitalistas e contra o livre mercado, ambos se opõem ao conservadorismo e ao liberalismo. Firmaram acordos, até que, ocorreram conflitos geopolíticos.

O tigre de papel

Por

Multidões de analfabetos funcionais lotam os bancos universitários e ganham seus canudos sem nunca terem lido um livro inteiro. A mesma idolatria pelo papel explica sermos um dos países em que é mais difícil conseguir habilitação para dirigir.

Edward Bernays e o controle da opinião pública

Por

Estando o público distanciado dos eventos reais, a imagem dos fatos é passada por meio da mídia. “O único sentimento que alguém pode ter acerca de um evento que ele não vivenciou é provocado pela imagem mental.”, diz Lippmann.

Faça downloads de livros, imagens, áudios e de outros artefatos.


Clique aqui e conheça a nova seção da Culturateca.