Por que a beleza importa?


O belo é o esplendor da ordem.”,
Aristóteles (384 a. C. – 322 a. C.).

A única função das poucas linhas deste artigo é a de remetê-lo ao documentário intitulado: Why Beauty Matters? Afinal, já no próximo parágrafo temos transcrições de excertos dos primeiros minutos da fala do autor e apresentador, Roger Scruton, renomado escritor e filósofo inglês nascido em 1944, que é autor de diversas obras, incluindo o livro “Beleza”.

Em qualquer época entre 1750 e 1930, se você pedisse às pessoas cultas para descrever o objetivo da poesia, da arte ou da música, elas teriam respondido: a Beleza. E se você perguntasse pela razão disso, você aprenderia que a Beleza é um valor, tão importante quanto a Verdade e o Bem.

Depois, no século XX, a beleza deixou de ser importante. A arte, cada vez mais, concentrou-se em perturbar e em quebrar tabus morais. Não era a beleza, mas a originalidade, conseguida por qualquer meio e a qualquer custo moral, que ganhava os prêmios.

Não apenas a arte fez um culto à feiura; a arquitetura também se tornou desalmada e estéril. E não foi somente o nosso ambiente físico que se tornou feio. Nossa linguagem, nossa música e nossas maneiras estão cada vez mais rudes, egoístas e ofensivas; como se a beleza e o bom gosto não tivessem nenhum lugar real em nossas vidas.

• • •

Eu acho que nós estamos perdendo a beleza e há um risco de que, com isso, nós percamos o sentido da vida.


Why Beauty Matters?

Documentário exibido pela BBC em 28 de novembro de 2009. Equipe:

• Roger Scruton (texto e apresentação);
• Louise Lockwood (direção);
• Andrew Lockyer (produtor); e,
• Andrea Miller (produtora executiva).

Leia também os artigos:

Leia também os livros:

Deixe um Comentário!

avatar
640
wpDiscuz