Artigos relacionados ao marcador: Engenharia Social

O abandono da mulher

Por

“Quando um homem diz a uma mulher: és livre, ele está simultaneamente a dizer que estás por tua conta. A libertação da mulher significa o seu abandono por parte do homem”. Originário e traduzido do website The Thinking Housewife.

Precauções saudáveis

Por Olavo de Carvalho

Suspeite daquilo que venha rotulado como consenso da opinião mundial, aprovado unanimemente por vários governos, pelos organismos internacionais, pela grande mídia, pela indústria do show business e intelectuais públicos em moda.

Espontaneidade fabricada

Por

Um cidadão comum, moralmente conservador, sofre atualmente, a pressão ininterrupta de ter sua posição contestada e reprovada por uma falsa opinião pública fabricada nas salas dos engenheiros sociais.

Edward Bernays e o controle da opinião pública

Por

Estando o público distanciado dos eventos reais, a imagem dos fatos é passada por meio da mídia. “O único sentimento que alguém pode ter acerca de um evento que ele não vivenciou é provocado pela imagem mental.”, diz Lippmann.

A negação do ser: ideologia como falsa metafísica

Por

Uma das maneiras pelas quais a ideologia se insere na vida das pessoas é disfarçando-se como um sistema, fundamentalmente metafísico. Em outras palavras, ela finge ser filosofia quando na verdade é tudo menos isso.

Liberté, Egalité, Fraternité, o Carvalho…

Por

O lema “Liberdade, Igualdade, Fraternidade” (Liberté, Egalité, Fraternité), do Iluminismo (Revolução Francesa), está entre as maiores FRAUDES de todos os tempos. Toca a emoção no fundo do coração no limite do transe hipnótico.

Técnicas de manipulação psicológica

Por Pascal Bernardin

As téc­ni­cas de ma­ni­pu­la­ção psi­co­ló­gi­ca tor­na­ram-se ob­je­to, já há mui­tas dé­ca­das, de apro­fun­da­dos tra­ba­lhos re­a­li­za­dos por psi­có­lo­gos e psi­có­lo­gos so­ci­ais. Neste link são analisadas as técnicas: “pé na porta”, “porta na cara” e de dissonância cognitiva.

O desmoronamento da família

Por Murillo Galliez

As autoridades civis dos diversos países foram introduzindo modificações na legislação, de modo a adaptá-la aos hábitos e costumes contrários aos mandamentos da Lei de Deus. Resultado: estamos vivenciando a legalização da imoralidade!

As origens do politicamente correto

Por William S. Lind

Politicamente correto é igual ao marxismo cultural. É marxismo “simplesmente” traduzido de termos econômicos para termos culturais. É um esforço que começa não nos anos 1960, com os hippies, mas na Primeira Guerra Mundial.

O Sistema Nacional de Ensino é um FIASCO

Por

Olavo de Carvalho observou: “A língua permite que o legado cultural das gerações passadas continue sendo acessível e transmissível às novas gerações”. E, quase todos os alunos brasileiros concluem o ensino médio sem saber gramática.

O brasileiro moderno e a Síndrome de Genovese!

Por

Observando a apatia social diante das anomalias com que a mídia nos bombardeia diariamente, lembrei de um fato e não pude deixar de traçar um paralelo. Um sombrio paralelo que até criou a expressão: "Síndrome de Genovese”.

Cultura de massas e perda das identidades!

Por

Gente educada, tem discernimento, contesta e analisa. População sem educação é ignorante, vota sem pensar. Pessoas que perderam suas identidades, aceitam uma nova, com um padrão de vida sugerido nas novelas e nos programas de TV.

Certamente você sabe que estamos no período quaresmal, mas você é capaz de responder aos questionamentos:

 

Atente aos links acima.