True Outspeak: do futebol à metafisica


True Outspeak

Esta postagem é uma transcrição adaptativa e não integral do Programa True Outspeak, transmitido em 02 de abril de 2007.

Eu cresci ouvindo discussões sobre futebol. Lembro que parentes e amigos do meu pai se reuniam e ficavam apresentando palpites futebolísticos. Eles eram velhos, gordos e incapazes de correr três metros sem sofrer um infarto, contudo, eloquentemente, despejavam regras de como o Mané Garrincha deveria jogar. Eu  era pequeno, mesmo assim, considerava aquilo um “ridículo atroz” e pensava:

“eu não sei jogar, portanto, sou incapaz de sugerir. Devo me recolher em minha insignificância, curtir o jogo da maneira que posso, e aplaudir quando for possível.”

Contudo, figurar o papel de “engenheiro de futebol” não é apenas ridículo. Notoriamente, discussões sobre esse tema influenciaram nosso país, corromperam a inteligência das pessoas, incentivando falar sobre o que não sabem. Então, quando ouço falar em futebol, sei que poderá ser destrutivo!

Quando uma pessoa [ou uma nação] começa a discutir fervorosamente futebol sem saber jogar, mais tarde acaba discutindo metafisica, religião, mística e outras coisas,  sem que haja base para tanto.

Adaptado por Eric M. Rabello. Revisado por Fabio Rabello.
Visite o site pessoal do professor Olavo de Carvalho e do Seminário de Filosofia por ele ministrado.

Separador

Ouça o trecho do programa True Outspeak que gerou esta postagem:

Separador

Outras transcrições sugeridas:

avatar
640

Agora você pode interagir conosco e com outros leitores. Basta deixar seu comentário no término de cada artigo!