True Outspeak: ideias e consistência intelectual


True Outspeak

Esta postagem é uma transcrição adaptativa e não integral do Programa True Outspeak, transmitido em 2012.

As convicções pessoais da grande maioria de nossos políticos não são relevantes. Afinal, convicções pessoais são fundamentais apenas para pessoas dotadas de pensamentos e com enorme consistência intelectual. Era o caso de Ronald Reagan, que já sabia o que iria fazer décadas antes de chegar à presidência e não contou para ninguém, nem para sua esposa! Os diários de Reagan evidenciam que ele era altamente intelectualizado e sério, contudo, fazia questão de não ter essa aparência, demonstrava-se populista, brincalhão e contador de piadas, mas, em sua intimidade, era um homem muito sério.

A verdade é que as ideias somente interessam aos homens que agem em função de suas convicções. Um homem de mais baixo nível não age por suas ideias, ele atua à medida que é levado por seus compromissos, então, não interessa o que ele pensa, interessa onde ele está. Existe um ditado francês que eu considero uma maravilha, ele diz: “Para mudar as convicções de um homem medíocre basta muda-lo de lugar”.

Ocorre que, sem o vigor intelectual e moral, poucos são capazes de impor suas convicções e de dirigirem suas condutas baseadas em suas crenças; ao contrário, muitos acabam sendo levados pelos seus compromissos e pelos seus grupos. Somente grandes homens acabam impondo suas convicções morais, são verdadeiros heróis. Mas, para tanto, é necessário ter o alento de um Napoleão Bonaparte!

Adaptado por Eric M. Rabello. Revisado por Fábio Rabello.
Visite o site pessoal do professor Olavo de Carvalho e do Seminário de Filosofia por ele ministrado.

Separador

Ouça o trecho do programa True Outspeak que gerou esta postagem:

Separador

Em paralelo, assista ao vídeo:

Separador

Outras transcrições sugeridas:

avatar
640

Agora você pode interagir conosco e com outros leitores. Basta deixar seu comentário no término de cada artigo!